Carlos Brando

Nome do Jogo

Y - O Último Homem

Yorick Brown, um homem como qualquer outro (apesar de que não concordo que os homens sejam todos iguais), tem seu trabalho, uma noiva e um macaquinho de estimação (Ampersand). Até o dia em que de um uma forma súbita, o que aparenta ser uma praga mata todos os mamíferos com cromossomo Y (entenda-se machos) da terra, incluindo embriões e até mesmo espermatozóides, com exceção de Yorick e seu macaco.

É assim que começa a trama desenvolvida por Brian K. Vaughan e desenhada por Pia Guerra.

Imaginem, um mundo só com mulheres! No quadrinho, o personagem sai em busca da sua noiva que estava em uma expedição na Austrália, e acaba se envolvendo em um jogo político para descobrir a "cura".

Yorick é extremamente fiel, mas como se manter assim num mundo onde você é o último homem?

E o que dizer do resto do mundo? Ao contrario do que podem parecer, as guerras e violência continuam. Grupos de "Amazonas" (mulheres que acreditam que a morte dos homens foi uma providencia divina) espalham o terror, uma corrida armamentista se inicia atrás do último homem. A religião fica sem seus principais instigadores, já que todos os padres, muçulmanos, pastores, etc. morreram.

Até onde um mundo só de mulheres pode chegar? Quais seriam as conseqüências? Quem abrirá os potes de maionese de agora em diante?

Uma leitura dinâmica e agradável, com um tema novo e interessante. O autor promete que a saga durará 60 edições. Pela internet você pode encontrar até a edição 46 em português.

Comments