Carlos Brando

Nome do Jogo

Discussões não levam a nada, mas que são muito engraçadas são...

Recentemente este blog foi “vitima” de uma acirrada discussão entre programadores RoR e um fanático por .Net. Mas isto são mágoas passadas.

Ontem estava lendo no blog do Akita, sobre uma discussão semelhante no blog do Obie Fernandez, onde desta vez o nosso amigo provocou pra valer o pessoal do Java. Antes que algum javeiro apareça por aqui e comece a atirar pedras, eu quero deixar claro que acho uma estupidez o que ele fez. Afinal, (quase) todo mundo sabe que comparar linguagens de programação é chover no molhado.

Mas o mais engraçado em discussões como essas, sãos os comentários. Veja um exemplo: No seu artigo Obie cita que um dos pontos fortes do RoR é ter alguém como DHH na dianteira. Depois em um comentário Stefan Podkowinski contra argumenta dizendo que um dos motivos de Java ser melhor que RoR é por não ter um DHH.

Logo em seguida Luke Redpath, argumenta que a décima primeira razão de Java ser uma droga é que programadores Ruby têm senso de humor e programadores Java não. Mas nem isso, o pessoal não deixa barato. Um tal de ”another bob”, rebate dizendo: “Sim, o DHH é um poço de risos quando alguém sugere, mesmo de brincadeira, que algo pode-talvez-apenas-possivelmente estar um pouquinho mal-feito.

É muito engraçado acompanhar estas discussões. Podíamos ter um post assim toda sexta-feira para rir um pouquinho. O que acham?

Comments