Carlos Brando

Nome do Jogo

Edge Rails: Está chegando o fim dos plugins?

No Rails 2.1, gems passaram a poder ser usadas como plugins em nossos projetos. Para isto bastava criar uma pasta chamada rails dentro do projeto do gem e incluir um arquivo init.rb.

Isto acrescentou um leque de novidades como config.gem e rake:gems. Mas isto nos faz pensar, já que agora eu posso carregar gems dentro da minha aplicação Rails, seria apenas uma questão de tempo até que plugins deixassem de existir.

E parece que isto realmente pode acontecer. No edge rails, por exemplo, foi incluída uma alteração que permite inicializar plugins tanto pelo arquivo init.rb na raiz do plugin, como em um arquivo em um diretório rails/init.rb (da mesma forma como fazemos com os gems), sendo esta segunda opção a prioritária.

Assim, eu poderia por exemplo criar um gem (que funcionaria como um plugin) e instalar de duas maneiras:

./script/plugin install git://github.com/user/plugin.git

sudo gem install user-plugin --source=http://gems.github.com

Isto sem precisar manter dois arquivos init.rb (um na raiz e outro no diretório rails).

Comments