Carlos Brando

Nome do Jogo

Os screencasts perdidos do Nome do Jogo

No inicio deste ano me aventurei no mundo dos screencasts. Cheguei a gravar seis episódios, mas como davam trabalho demais e meu emprego, blog, podcast e projetos paralelos estavam me deixando sem tempo para outras atividades optei por parar de gravá-los por um tempo.

Algumas semanas atrás tive de fazer uma grande mudança no sistema deste blog, e só agora fui perceber que os artigos com os vídeos estavam “sem os vídeos”. Bom, para não desperdiçar o trabalho e para ajudar os Railers mais novos, que estão chegando agora, segue uma lista dos screencasts gravados.

Episódio 1

No primeiro screencast da série começo mostrando um recurso novo (na época) que permite acrescentar anotações no código do Rails.

Episódio 2

Este vídeo mostra como aumentar o poder das suas migrations. Como exemplo mostro como criar um método para automatizar a criação de foreign keys.

Episódio 3

Qualquer um que acompanhe este blog com certeza já conhece a série “Edge Rails”, onde publico as novidades que virão na próxima versão do Rails, afim de nos adiantarmos para o futuro. Neste screencast eu ensino como testar os códigos dados como exemplos nos artigos desta série.

Episódio 4

No quarto episódio da série de screencasts você aprenderá como agrupar o resultado de suas pesquisas no banco de dados usando o método group_by.

Episódio 5

O quinto episódio já conta com uma qualidade um pouco maior (eu estava aprendendo) e dá o passo-a-passo de como criar um helper para diminuir a quantidade de códigos dentro de suas views e evitar repetições no código.

Episódio 6

O último screencast que gravei mostrava como consumir microformats usando Ruby.

Olhando novamente para este vídeos dá até uma vontade de voltar a gravá-los… quem sabe um dia…

Comments