Carlos Brando

Nome do Jogo

Rails Summit: Chad Fowler

Não resta dúvidas de que o evento foi um sucesso!

Aqueles que ansiavam por palestras mais técnicas talvez tenham ficado decepcionados, mas de forma alguma isto tirou o mérito do evento. Afinal não é todo dia que um evento de tecnologia termina com champagne e cerveja grátis. Foi divertido ser abordado por programadores bêbados fazendo comentários sobre as palestras e assuntos aleatórios.

Para mim este evento foi ainda mais importante, pois foi a primeira vez em que toda a equipe de desenvolvedores da Surgeworks se encontrou pessoalmente.

Cheguei atrasado ao primeiro dia do evento, mas a tempo de pegar a sessão de perguntas e respostas com David Heinemeier Hansson. Confesso que foi um pouco decepcionante, embora eu já soubesse que sua participação seria assim, no fundo eu esperava um pouco mais de “consideração” da parte de DHH, que pareceu estar fazendo aquilo apenas dizer que participou do evento.

Logo em seguida tivemos a palestra que para mim iniciou e ditou os termos do evento, com Chad Fowler.

Chad Fowler

Basicamente Chad fez um resumo do seu livro “My Job Went to India”, ressaltando pontos como marketing pessoal. O tema da palestra foi “Being remarkable”, algo como “Sendo notável”.

Para quem já leu o livro, nada do que foi dito é novidade, mas foi uma palestra muito interessante.

Chad também falou do seu passado com a música e como de certa forma isto tem a ver com seu trabalho como programador.

No evento como um todo, o que não faltou foram piadinhas com o Java. Um dos pontos altos da palestra de Chad foi quando ele mostrou o vídeo abaixo se referindo a plataforma:

Depois Chad ainda mostrou alguns gráficos falsos que nomeavam os programadores de acordo com a linguagem que eles escolheram. Se não estou enganado, programadores Ruby eram experts enquanto desenvolvedores Java e .Net seriam os “iniciantes avançados”.

Embora o tema não seja novo, foi uma palestra interessante e motivadora.

Comments