Carlos Brando

Nome do Jogo

A principal habilidade do programador não é codificar

PDHeadInSand

Programadores são naturalmente introvertidos e não sabem se comunicar. Deve ser por isso que existem tantos programadores ruins. Programar é um exercício de comunicação.

Anos de experiência desenvolvendo software, conhecer muitas linguagens de programação, escrever códigos de qualidade, nada disso tem valor se você não conseguir se comunicar com outras pessoas. De nada vale ter muito conteúdo e guardar isto só para você.

Aqueles que desejam uma carreira bem sucedida como programadores, além possuir um conhecimento técnico acima da média também precisam estar constantemente melhorando suas habilidades de comunicação.

Inevitavelmente passamos horas em reuniões. Precisamos interagir com clientes e entender as suas necessidades. Escrevemos propostas e relatórios. Estamos em uma luta sem fim tentando convencer nossos companheiros e empregadores a adotarem uma nova tecnologia ou prática que tornará nosso trabalho mais produtivo e divertido. E acima de tudo: escrevemos muito código.

O código é uma combinação de signos utilizados para transmitir uma mensagem. Porém a comunicação só se concretizará se o receptor souber decodificar a mensagem. Computadores costumam fazer isto muito bem, mas não estamos escrevendo código apenas para máquinas. Um código mal escrito e cheio de ruído dificultará o trabalho de outros programadores quando houver a necessidade de estudá-lo.

Nosso trabalho se resume a pura e simplesmente comunicar-se, por isso é tão importante fazer isso bem.

Não importa se você está escrevendo um livro/relatório/e-mail ou se preparando para uma reunião, planejamento é tudo. Um dos segredos dos bons comunicadores é saber o que dizer, antes de sair abrindo a boca e despejando pensamentos. Pergunte-se: “Se eu falar desta maneira, será que todos entenderão com clareza a informação que eu estou tentando passar?”. Repita esta pergunta para si mesmo até que esteja convicto disso. Anote estas ideias e planeje como aborda-las.

Comunicação é repassar informações. Para que isto seja possível é vital que todas as pessoas presentes entendam o que você está dizendo. Antes de começar a argumentar sobre as vantagens de se utilizar um banco de dados não relacional no projeto, certifique-se de que todos sabem do que você está falando. Caso contrário, você não estará impressionando ninguém. Estará apenas sendo chato.

Se você está vendendo uma ideia, certifique-se de conhecer cada uma das pessoas envolvidas na negociação e fale somente o que ela precisa ouvir, nem mais nem menos. Talvez você precise convencer o seu gerente, o pessoal de marketing, o usuário final do aplicativo e até outros desenvolvedores. Trate cada grupo de forma individual.

Tão importante quanto dizer a coisa certa, é dizer na hora certa. Pegar seu gerente no corredor, logo após o seu supervisor lhe chamar a atenção por ele ter entregue um aplicativo cheio de bugs é uma excelente oportunidade para convencê-lo a adotar testes automatizados nos próximos projetos. Mas também será uma péssima hora para pedir um upgrade na sua máquina.

Para ser tornar um bom escritor é necessário ler muito, seguindo o mesmo principio se você deseja falar bem é importante escutar. Programadores tem sérios problemas para escutar. Durante uma reunião, assim que o cliente começa a explicar uma funcionalidade do novo aplicativo, a mente do programador abandona a sala e automaticamente já começa a trabalhar no código que precisará ser desenvolvido. Deste momento em diante tudo o que for dito na sala será ignorado. Concentre-se. Se você não escutar o que os outros estão dizendo, como espera ser ouvido?

Lembre-se disso: Não é somente o que você diz, mas também como você diz. A menos que você esteja trabalhando sozinho dentro de uma bolha, você deve ser capaz de se comunicar. E quanto mais eficaz for a sua habilidade de comunicação, mais influente você se tornará.

Comments