Carlos Brando

Nome do Jogo

Por que reuniões são tóxicas?

Muitas reuniões são convocadas apenas para auto-afirmação dos gestores quando poderiam ser evitadas e todos os assuntos resolvidos com um simples e-mail. Não existe nada mais tóxico à produtividade do que uma reunião.

Paul Graham escreveu um artigo intitulado ”Maker’s Schedule, Manager’s Schedule” que explica o motivo de nós programadores odiarmos tanto reuniões. Acontece que o nosso cronograma funciona de uma forma diferente que o das outras pessoas. Reuniões nos custam mais caro.

A agenda do gerente segue o modelo tradicional, onde cada dia é dividido em intervalos de um hora. Programar uma reunião é apenas um problema de ordem prática, basta encontrar um intervalo em aberto na sua programação e escrever “reunião”. Quando se gerencia o tempo desta maneira, você pode reservar algumas horas para uma única tarefa se for necessário, mas por padrão você pode mudar o que está fazendo a cada hora.

Mas programadores (e outros profissionais) gerenciam o tempo de outra maneira. Eles geralmente costumam dividir sua agenda em dois períodos: manhã e tarde. Não é possível desenvolver software bem em unidades de uma hora. Isso não é tempo suficiente nem para começar.

É por este motivo que programadores odeiam tanto reuniões, afinal uma única reunião pode acabar com uma tarde inteira de trabalho, dividindo-a em dois pedaços pequenos demais para fazer qualquer coisa importante.

Eu sei que pode soar um pouco sensível demais, mas em alguns casos mesmo uma rápida reunião no meio da tarde pode deixar um programador improdutivo por um dia inteiro. Se eu sei que a tarde será quebrada, então eu sou menos propenso a iniciar algo ambicioso no período da manhã.

Nós entendemos a importância das reuniões. Tudo o que estamos pedindo aos gerentes é que eles entendam os custos.

Comments