Carlos Brando

Nome do Jogo

Como convencer sua equipe a usar um sistema de controle de versão

Desenvolver software sem um sistema de controle de versão (ou SCM do inglês source code management) pode parecer irreal para muitos dos leitores desse blog, mas é importante esclarecer que muitas empresas e profissionais ainda não entendem o valor desse tipo de ferramenta.

Nota para o leitor: Se você não sabe o que é um SCM, recomendo ouvir a série sobre o assunto que gravamos recentemente para o Grok Podcast.

A situação fica ainda mais dramática quando um programador “iniciante”, porém esclarecido, trabalha em uma empresa que ainda armazena o código-fonte de seus projetos em um diretório no servidor ou somente no computador do desenvolvedor. Nesse caso, como convencer seus colegas de trabalho e principalmente o seu chefe que eles precisam adotar uma ferramenta para controlar o código?

A palavra-chave aqui é evangelização. Comece implementando o seu próprio SCM particular. Existem dezenas de opções open-source que podem ser instaladas localmente em sua máquina ou em um servidor da empresa que você tenha acesso. Essa iniciativa fará com que ao menos o seu código tenha uma certa medida de segurança, o que lhe trará um pouco de tranquilidade.

Com o tempo você, diferente de seus colegas, passará a ter a resposta para perguntas como: “Exatamente que alteração foi realizada no módulo XYZ?” e “Quem foi o responsável pela alteração que quebrou o software?”. É questão de tempo até que seu chefe e colegas se convençam das vantagens em adotar um sistema para gerenciar o código da sua empresa.

Ainda outra opção é fazer com que sua equipe ouça o Grok Podcast.

Comments